Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Nexa viabiliza reforma de prédio da nova sede da Polícia Militar em Aripuanã

pm_aripuana

Visando proporcionar melhores condições de trabalho para a Polícia Militar e, consequentemente, para os moradores de Aripuanã, a Nexa está investindo cerca de R$200 mil na reforma do prédio que será a nova sede da 10ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). A iniciativa integra o Programa de Ações junto à Comunidade e de Apoio ao Poder Público Local, pactuado no Plano de Controle Ambiental (PCA) do Projeto Aripuanã.

O espaço, que foi cedido pela Prefeitura por um prazo de 20 anos, está localizado na Avenida Padre Ezequiel Ramin, no centro da cidade. A nova instalação, além de fornecer melhorias na infraestrutura, irá facilitar o deslocamento das equipes por conta da sua localização estratégica.

A reforma iniciou como uma iniciativa da PM, em parceria com o Conselho Comunitário de Segurança Pública de Aripuanã (Conseg), que é formado por representantes da comunidade a fim de discutir, planejar, analisar e acompanhar a solução de seus problemas comunitários de segurança. Entretanto, a obra foi interrompida devido à falta de recursos.

O novo prédio contará com alojamento, banheiro masculino e feminino, depósito de armas, cozinha e espaço administrativo. Para o primeiro tenente da Polícia Militar do município, Cayo Bambil Antonietti, a reforma é muito bem-vinda, principalmente para a corporação. “É de extrema relevância, pois Aripuanã até hoje não tem um quartel da PM adequado”, ressalta.

O consultor de Relacionamento com Comunidades da Nexa, Sérgio Oliveira, explicou que esse trabalho visa fortalecer a estrutura física do setor de segurança do município, além de gerar mais comodidade para os servidores locais. “O nosso objetivo é melhorar as condições de trabalho dos policiais, o que irá refletir no atendimento prestado à comunidade”, destaca.

O presidente do Conseg, Dilamar Jorge Lucas, ressaltou que a parceria é de grande relevância para o setor de segurança pública. “As novas instalações vão trazer melhorias não só para quem utiliza o espaço, mas para todo município, que vai dispor de um prédio com acomodações adequadas. O apoio da Nexa é essencial, já que o município não tem condição orçamentária para execução da obra, até mesmo Conseg e o Estado”, avalia.

Para o secretário adjunto de Integração Operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública, coronel PM Victor Fortes, toda ação oriunda de parcerias com setor privado e fomentam a melhoria da prestação do serviço público, especialmente na área de segurança, são bem-vindas. “É uma parceria transparente onde envolve o Conselho de Segurança e beneficia não apenas a Polícia Militar, toda a população de Aripuanã. Essa reforma representa a melhora na qualidade no ambiente de trabalho, traz ao policial um local mais saudável e com qualidade de vida para trabalhar e serve de motivação para o policial prestar um trabalho ainda melhor. O Estado passa por dificuldade financeira e não consegue subsidiar todas as reformas necessárias em suas unidades. Quando a empresa propicia fazer isso, de certa forma, recompensa o trabalho que a segurança faz na região. É uma parceria profícua e a empresa faz também seu papel social para a cidade de Aripuanã com este investimento na Polícia Militar”.

Além da reforma do prédio, a Nexa vem realizando diversas ações em prol do setor de segurança pública no município. Em agosto deste ano, a empresa formalizou a doação de duas caminhonetes para o Conseg. Também está em desenvolvimento o Projeto “Aripuanã Cidade Segura”, que dispõe melhorias na atuação do Conselho e auxílio na criação de um plano de ação integrado para o desenvolvimento de uma comunidade mais segura.

Sobre a Nexa

A Nexa Resources é uma produtora de zinco com mais de 60 anos de experiência no desenvolvimento e operação de ativos de mineração e metalurgia na América Latina. A empresa possui cinco minas subterrâneas, três localizadas nos Andes centrais do Peru e duas localizadas no estado de Minas Gerais no Brasil.  Duas das minas da Companhia, Cerro Lindo, no Peru, e Vazante, no Brasil, estão entre as 12 maiores minas de zinco do mundo. Para mais detalhes, acesse www.nexaresources.com.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Deixe seu comentário:

sicredi

sicredi

grupo krupinski

grupo krupinski

Curta nossa fanpage

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)
JOSE RUDY
terça-feira, abr 20. 2021 10:03 PM
abraço pra todos aripuanenses, filhos da terra

1 · 2 · 3 · 4 · 5 · »