Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Município consegue licença ambiental para construção de ponte alternativa sobre o Rio Aripuanã

reuniao

Após embargo do Ministério Público de Mato Grosso, a Polícia Judiciária Civil de Aripuanã abriu inquérito para investigar a obra sobre o Rio Aripuanã e por consequência, o desmatamento nas aberturas de estradas rurais.

As implicações em não realizar o licenciamento ambiental corretamente são, em geral, bastante pesadas para o município. O ônus pode acarretar em embargo, multa, suspensão das atividades e, até mesmo processos, ou seja, prejuízo na certa.

De acordo com o Prefeito Municipal Jonas Rodrigues da Silva, depois de várias reuniões, envolvendo a Secretária de Meio Ambiente, Setor Madeireiro (Sindilan), empresa Nexa, Câmara de Vereadores e empresários, foi apresentado na tarde desta terça-feira (03), na presença de representante do Ibama e Sema do Estado, o projeto de licenciamento ambiental, requerido pelo MP.

Ainda conforme o Prefeito Jonas, foi licenciada pela Secretaria de Meio Ambiente Municipal, com a emissão da Licença de Construção, baseado na resolução do Consema 2014, a qual informa as atividades de impacto local que o município pode licenciar. A ponte em questão será de 30 metros de comprimento com a seguinte descrição: ‘Ponte de madeira, em corpo hídrico, sem navegabilidade’.

Desta forma será emitida nesta quarta-feira (04) a ordem de serviço da obra da construção da ponte sobre Rio Aripuanã e também a reabertura das estradas, como forma de via alternativa no acesso as comunidades de Conselvan, Rio Branco e Projeto Lontra. Esse trecho será provisório até a reforma da atual ponte que será fechada por um período de 60 dias.

“Fizemos uma grande parceira envolvendo todos os setores econômicos, junto aos órgãos competentes do município para achar essa forma alternativa para atender essa demanda de trafegabilidade de um dos principais acessos de desenvolvimento de Aripuanã”, disse o prefeito Jonas.

O prefeito destacou ainda que, “essa ponte só vai sair graças a parceiras do Setor Madeireiro e a empresa Nexa, que assinaram um termo de cooperação, no qual ficarão a cargo dos envolvidos a reabertura das estradas e também a construção da ponte sobre o rio Aripuanã, que será realizada em aproximadamente 10 dias”, afirmou.

Fonte: Top News

Deixe seu comentário:

Votação

Na sua opnião qual é o melhor horário para começar o rodeio?

sicredi

sicredi

Publicidade

Publicidade

Curta nossa fanpage

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)
Vera Lúcia Ferreira dos Santos
quarta-feira, set 18. 2019 12:00 AM
Estou aprocura de meu irmão

1 · 2 · 3 · 4 · 5 · »