Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Justiça concede liberdade ao pai que perdeu o filho com tiro acidental em Juína

espin

Foi realizada na tarde de quinta-feira, dia 11, a audiência de um homem que foi preso pela polícia judiciária civil na noite de terça-feira, dia 09, após a espingarda calibre 32 que ele acondicionava nas costas disparar e atingir próximo ao queixo do próprio filho, de 20 anos de idade, que não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. O fato ocorreu numa pedreira região em que pai e filho tralhavam.

Após ser preso em flagrante delito por crime de homicídio culposo e posse irregular de arma de fogo o homem foi levado na quarta-feira para o CDP, mas antes ele recebeu autorização policial para participar por uma hora do velório de seu filho.

Ontem, durante audiência no fórum da comarca de Juína a justiça homologou o flagrante da polícia civil por entende que estava em acordo, porém concedeu liberdade provisória ao homem que deverá cumprir algumas obrigações judiciais.

A polícia civil instaurou um inquérito policial para apurar o ocorrido.

A fatalidade

Conforme noticiamos, o pai estava com a espingarda nas costas em cima da motocicleta e quando seu filho Rafael Agostinho Da Silva foi sentar bruscamente na garupa da moto houve o disparo acidental que atingiu seu queixo.

Em desespero para salvar seu filho o homem com ajuda de outras pessoas ainda percorreu um certo trajeto com o jovem baleado para leva-lo ao hospital, mas infelizmente ele não resistiu e veio a óbito.

Fonte: Juína News

Deixe seu comentário:

sicredi

sicredi

grupo krupinski

grupo krupinski

Curta nossa fanpage

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)
JOSE RUDY
terça-feira, abr 20. 2021 10:03 PM
abraço pra todos aripuanenses, filhos da terra

1 · 2 · 3 · 4 · 5 · »