Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Janaina Riva e Pivetta reúnem lideranças e buscam solução para BR174 em Aripuanã

aripuana

Com o objetivo de debater a logística da Região Noroeste de Mato Grosso e os principais gargalos enfrentados com relação ao desenvolvimento regional, a presidente da Assembleia Legislativa, deputada estadual Janaina Riva (MDB), e o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT), estiveram nesta sexta-feira (31.05), no município de Aripuanã (localizado a 1.200 quilômetros da capital), junto a diversos prefeito, vereadores, representantes do DNIT e Secretaria de Estado de Infraestrutura. Na pauta principal a situação do asfaltamento da BR 174, principal rota para ligação da região com outras partes do estado e do País.

“Foi um dia de choque de realidade saber como está a BR174. O vice-governador veio até Aripuanã atendendo um pedido meu e já externou que sua vontade de dar andamento à MT 208 e à BR 174, mas está correto ao dizer que teremos que ter um pouco mais de paciência porque nesse momento não tem nem como aportar recursos à BR 174 até vencermos a barreira burocrática. Só que a notícia boa é que está perto de ser resolvida e aí tem que vir recurso federal. Alguns problemas já sabemos que têm principalmente em relação aos lotes vencidos que o governo anterior deixou vencer, não renovou e agora será necessário fazer uma nova licitação. Temos em Mato Grosso agora uma situação totalmente a gestão irresponsável passada que simplesmente não tinha interesse em olhar para essa região. O vice-governador tem os pés no chão e fala só daquilo que vai dar conta de fazer. Isso é o melhor para nós políticos ainda mais num momento como esse tão delicado em que as pessoas não acreditam mais nos políticos de jeito nenhum porque já foram enganados tantas vezes. Então, é bom trabalhar com aquilo que realmente dá para fazer”, explica.

Segundo Pivetta, a ideia é trabalhar sempre em conjunto com associações e prefeituras, todos juntos em prol do desenvolvimento. “Começamos a selar um compromisso em torno de uma nova sistemática de trabalho. Vamos distribuir tarefas, trabalhar em conjunto com os municípios do entorno que têm as mesmas dificuldades daqui. Temos diversos projetos em andamento de pontes, rodovias, de travessia urbana. Tudo isso foi discutido, gostaria de ter me aprofundado mais em alguns temas, mas a reunião foi ampla e acabou ficando assuntos que aos poucos vamos dirimir. Sobre o trajeto ficou definido que vamos criar um consórcio com os quatro municípios, solicitei que a sociedade interessada deverá criar uma organização social sem fins lucrativos para nos ajudar na elaboração do projeto e na futura pavimentação desse trecho da rodovia, pois o problema é muito maior que esse eixo de 49 km da MT 208, já que a BR 174 em toda sua extensão praticamente precisa ser pavimentada. A partir daqui vamos montar uma organização, o que é do governo federal, o deputado Juarez Costa assumiu o compromisso de dar andamento, vamos procurar dotar essa região de infraestrutura mínima para que possa se desenvolver”, disse Pivetta após a reunião.

Participaram da reunião os prefeitos dos municípios de Aripuanã, Juína, Colniza, Castanheira, Cotriguaçu e Juruena. A deputada Janaina Riva disse que sente otimista com a nova gestão estadual e reafirmou seu compromisso com a região.

“Volto a Aripuanã com a missão que continua sendo a logística. Temos uma nova gestão com o governador Mauro Mendes. Está aqui conosco o vice-governador Otaviano Pivetta, o Orlando do DNIT, representando também o senador Wellington Fagundes, e o prefeito Jonas Canarinho que articulou com todos os prefeitos da região para fazer uma nova reunião para tratar sobre a BR-174. Hoje vejo que a maior dificuldade da região é a logística, tem potencial turístico, tem potencial de exploração mineral, madeira, dentre outros. Por que o produto é tão desvalorizado? Porque não temos logística alguma, há dificuldade de infraestrutura das nossas estradas, existe dificuldade urbana, imagina a área rural. Então, acredito que agora a missão seja junto com o vice-governador, analisar o projeto da 174, que eu já tinha minhas dúvidas lá atrás de como caminhava a passos muito lentos, quatro anos praticamente estagnado, conseguimos no ano passado o estudo do componente indígena, mas agora vejo a determinação do vice-governador em pelo menos equacionar a questão da logística mato-grossense”, explanou.

A parlamentar disse estar atenta e buscando soluções para os problemas do noroeste de Mato Grosso. “Sabemos que há dificuldade na Saúde, Segurança Pública, mas estão vindo viaturas pra região, com a prioridade de colocar a força policial com mais de 70 novas viaturas. Acredito que vai ser uma gestão de muito avanço, que tente compensar as desigualdades regionais. É uma missão minha fazer presença, pois fui a mais votada região. A reclamação é geral de que político só vem em época de eleição. Então, mesmo com a correria na Assembleia sem o Botelho, priorizamos vir aqui nessa audiência pública para falar da região”, finalizou.

Fonte: Da Assessoria

Deixe seu comentário:

Votação

Na sua opnião qual é o melhor horário para começar o rodeio?

sicredi

sicredi

Publicidade

Publicidade

Curta nossa fanpage

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)
Alexsandro Pereira
sábado, jul 13. 2019 11:03 AM
Tô em porto velho sempre seguindo as notícias dá navegantes fm

1 · 2 · 3 · 4 · 5 · »