Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Foragido de Aripuanã se entrega à Justiça em Juína

foragido

Seria apenas mais uma noite de plantão normal na delegacia municipal de Juína, se não fosse o fato de um jovem chegar assustado e pedir ao policial que estava de plantão que o prendesse.

Gilberto Alves da Silva de 21 anos, chegou na delegacia municipal por volta das 20:00h e pediu ao policial civil Dito Costa, que o prendesse.

Segundo o policial, o rapaz estava bastante convicto de que queria ser preso, chegando a causar espanto no investigador, uma vez que situações como essa não costumam ser corriqueiras.

À reportagem do Juína News, Gilberto Alves da Silva relatou que estava em regime semiaberto na cidade de Aripuanã pelo artigo 157, e também que já havia sido preso outras vezes por ser usuário de drogas, e havia deixado de comparecer no fórum da comarca de Aripuanã para assinar confirmar presença, sendo que o mesmo não poderia sair da cidade sem ordens judiciais.

Há dois meses em Juína, onde morava com sua mãe, o rapaz relatou precisava resolver sua vida, acertando as contas com a justiça.

O policial civil Dito Costa, falou ao Juína News que se encontrava na sala de entrada da delegacia efetuando alguns procedimentos de praxe, quando o rapaz chegou e pediu para ser preso.

No momento o policial pensou que se tratava de uma pessoa querendo fazer um boletim de ocorrências, onde ao ser indagado o mesmo disse ter quebrado o regime semiaberto na cidade de Aripuanã e foragido para Juína, mas que pretendia pagar por seus crimes.

Gilberto Alves da Silva foi convidado pelo policial para entrar na sala e aguardar, enquanto o mesmo checava seus dados no sistema da polícia, onde constatou que havia em seu desfavor um mandado de prisão preventiva expedido da comarca de Aripuanã.

Dito Costa fez um levantamento da ficha do rapaz, onde constatou que havia várias outras passagens na cidade de Aripuanã, por furto, receptação, formação de quadrilha, porte ilegal de arma, e várias passagens no tempo em que o mesmo era menor de idade, sendo um rapaz bem problemático na cidade de Aripuanã.

O policial se disse muito surpreso, uma vez que o normal é a polícia ir atrás dos suspeitos e nunca o contrário, mas que neste caso o suspeito confessou que estava sendo ameaçado de morte e acabou procurando a delegacia de polícia, o que para ele será mais seguro ele permanecer preso.

O investigador Dito Costa ressaltou que até parabenizou o suspeito pela atitude que teve de se apresentar e pedir para pagar a justiça o que deve.

Gilberto foi preso e passará pela audiência de custódia onde o juiz da comarca de Juína decidirá o destino do mesmo.

Fonte: Juína News

Deixe seu comentário:

Votação

Na sua opnião qual é o melhor horário para começar o rodeio?

sicredi

sicredi

Publicidade

Publicidade

Curta nossa fanpage

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)
Vera Lúcia Ferreira dos Santos
quarta-feira, set 18. 2019 12:00 AM
Estou aprocura de meu irmão

1 · 2 · 3 · 4 · 5 · »