Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Delegado da PF confirma uma morte no garimpo em Aripuanã

delegado

Delegado da Polícia Federal Carlos Henrique Cotta D’Ângelo, confirmou no final da tarde desta segunda-feira (7), uma morte durante a realização da 2ª fase da Operação Trype, que busca o fechamento de um garimpo ilegal em Aripuanã. Um homem foi alvejado após confronto com militares, chegou a ser levado para o Hospital Municipal, mas não resistiu e morreu. A vítima que ainda não foi identificada, aguardando a chegada da equipe do Instituto Médico Legal (IML) do Estado.

Conforme o delegado, o balanço da operação foi positiva, já que é uma operação bastante complexa, envolvendo varias agencias de segurança e também de proteção ao meio ambiente do Estado e da União. “Com uma saída ordeira, salvo a um confronto que houve, onde um dos indivíduos atentou contra uma unidade da Polícia Militar e infelizmente, lamentamos que o indivíduo viesse ao óbito. As circunstancia dessa ação serão apuradas no bojo de um inquérito militar que já foi iniciada pela Policia Militar do Estado de Mato Grosso”, informou o delegado.

Ainda conforme D’Ângelo, ao contrario que muitos dizer, a realidade que a policia foi bastante condescendente com todos que ali estavam e nenhuma pessoa foi tratada na condição de marginal ou criminoso e houve um prazo razoável para que todos tirassem os seus pertences. Por obvio a insatisfação fica por conta da não permissão da retirada dos maquinários destinado à exploração irregular do ouro e isso ocorrem em razão da determinação judicial que justamente determinou o fechamento da atividade garimpeira.

“Então não faz o maior sentido, que fosse permitido que os indivíduos retirasse o material próprio para cometimento do crime que ali era perpetrado. Os pertence individuais de cada um, foram retirados sim, com bastante cautela e tranquilidade pelos próprios garimpeiros que lá se encontravam. Desta forma continuarem nosso trabalho e esperamos que todos entendam que é a melhor maneira a ser feita, devido à imposição da legislação e também a imposição da justiça do Estado”, concluiu Dr. Carlos Henrique.

Fonte: TOP NEWS

Deixe seu comentário:

sicredi

sicredi

Publicidade

Publicidade

Curta nossa fanpage

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)
Cleivan da Silva Santos
quinta-feira, out 10. 2019 12:10 PM
Queria saber qual as vagas disponíveis em qual as cidades sou de dom Inocêncio Piauí

1 · 2 · 3 · 4 · 5 · »