Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Alunos do Projeto Judô Yawara participam de cerimonial de troca de faixas

cerimonia-troca-de-faixas-projeto-judo-yawara

Na última sexta-feira (08), judocas do Projeto Judô Yawara, uma iniciativa apoiada pela Nexa para alunos da Escola Municipal Jari Edgar Zambiasi, participaram da sua primeira graduação em um cerimonial de troca de faixas. Durante o evento, 32 atletas conquistaram a faixa cinza, que simboliza uma evolução técnica em comparação a faixa branca. Outros alunos receberam os chamados “Kyu”, que também representa a evolução técnica do judoca.

O pequeno Diego Dias Batista, de 12 anos, é um dos 50 alunos beneficiados pelo projeto. Ele participa das aulas há oito meses e evoluiu para a faixa cinza, o que o deixou bastante empolgado com o futuro na modalidade. “Participar do projeto é muito bom, aqui a gente aprende muitas coisas, principalmente sobre disciplina. A troca de faixa me deixou ainda mais empolgado para seguir em frente no esporte”, comenta.

A judoca Gabriele de Oliveira da Silva, de 12 anos, também conseguiu a graduação para faixa a cinza, resultado direto da produtividade nos treinos. “As aulas são muito legais, inspiradoras e divertidas. Além das técnicas, a gente aprende a ter disciplina, coordenação motora e muitas outras coisas”, destaca. Um dos maiores incentivadores de Gabriele é seu pai, Ronaldo Fernandes Cavarzan, que fez questão de acompanhar a filha durante a cerimônia e destaca a importância de um esporte como judô para o desenvolvimento do caráter das crianças. “É muito bom por causa da disciplina que ela aprende aqui, além de ser uma prática de esporte que ocupa a cabeça. Isso contribui para o desenvolvimento pessoal da Gabriele e da nossa família como um todo”, ressalta.

Quanto à questão disciplina, a Diretora da Escola Municipal Jari Edgar Zambiasi, Edna Simão, destacou que o projeto vem contribuindo de forma bastante eficaz. Além das diversas ações e diálogos já realizados pela instituição, o Judô também vem ajudando a diminuir os índices de violência na escola. “Para a escola, que anos atrás teve um índice muito grande de brigas, é uma vitória já que os alunos estão aprendendo a respeitar o próximo” destaca.

O sensei Rubens Sedor, responsável pelas aulas do projeto, explicou que os judocas foram avaliados no decorrer dos treinos e agora serão ainda mais cobrados, visando, principalmente, os desafios futuros, como campeonatos e competições. “Nossos jovens atletas têm condições de chegar longe e conquistar muita coisa. Reforço sempre durante os treinos que os grandes resultados dependem da dedicação e determinação de cada um”, comenta.

Para Sabrina Tenello, analista de Projetos Sociais da Nexa, ver que o projeto vem trazendo bons resultados, não só pelo bom desempenho dos atletas na modalidade, mas também para formação dos alunos, é algo gratificante. “O projeto ajuda a promover um ambiente de convivência em sociedade melhor. Além disso, o esporte possui uma função transformadora já que os alunos replicam a disciplina, responsabilidade e respeito, exigidos durante os treinos, no dia a dia em sala de aula”, diz.

Sobre a Nexa

A Nexa Resources é uma produtora de zinco com mais de 60 anos de experiência no desenvolvimento e operação de ativos de mineração e metalurgia na América Latina. A empresa possui cinco minas subterrâneas, três localizadas nos Andes centrais do Peru e duas localizadas no estado de Minas Gerais no Brasil.  Duas das minas da Companhia, Cerro Lindo, no Peru, e Vazante, no Brasil, estão entre as 12 maiores minas de zinco do mundo. Para mais detalhes, acesse www.nexaresources.com.

Fonte: Assessoria de Comunicação Nexa

Deixe seu comentário:

sicredi

sicredi

Publicidade

Publicidade

Curta nossa fanpage

Mural de Recados

Deixe seu recado

Para deixar seu recado preencha os campos abaixo:

Para:  
E-mail não será publicado
(mas é usado para o avatar)
Cleivan da Silva Santos
quinta-feira, out 10. 2019 12:10 PM
Queria saber qual as vagas disponíveis em qual as cidades sou de dom Inocêncio Piauí

1 · 2 · 3 · 4 · 5 · »